Arquivo para junho 2013 | Página mensal de arquivo

Cultura – Associação dos Amigos do Convento de Mafra quer recuperar património

A Associação dos Amigos do Convento de Mafra, recentemente criada, tem como objectivo angariar verbas para recuperar o maior conjunto sineiro do mundo.

Lisboa – Adega Machado dá mais fado ao Bairro Alto

Fado e petiscos são o caminho traçado pela Adega Machado, um ano após a reabertura da casa, situada no Bairro Alto desde 1937. Uma prova de vida do fado na sua relação com os bairros de Lisboa, quando a consagração como Património Imaterial da Humanidade lhe deu um novo elã. Se nasceu em Alfama, a Mouraria dá-lhe um cariz muito próprio, e o Bairro Alto é um dos seus grandes «palcos» desde há muitos anos.

Património – UNESCO analisa em 2014 candidatura da Arrábida a património da humanidade

A análise da candidatura da Arrábida a património natural e cultural da humanidade está agendada para a reunião do comité da UNESCO em 2014, adiantou a presidente da Comissão Nacional do organismo, destacando que o processo está bem encaminhado.

Livro “Vinhos com Arte” lançado na Sala Ogival de Lisboa

José Diogo Albuquerque, Secretário de Estado da Agricultura, presidirá ao lançamento do livro “Vinhos com Arte” dos autores António Marreiros Neto e José António Fonseca e do pintor José Francisco Serrão de Faria. A iniciativa será realizada na próxima sexta-feira, dia 28 de Junho, na Sala Ogival da ViniPortugal em Lisboa, pelas 17h, com o apoio da ViniPortugal e do Instituto da Vinha e do Vinho.

Resultado de um desafio lançado por António Marreiros Neto a dois amigos de longa data, ambos especialistas nestas áreas, esta obra surge mais de 100 anos após Bernardino Camilo Cincinnato da Costa ter apresentado a obra “O Portugal Vinícola” na Exposição Universal de Paris e de Alfredo Roque Gameiro ter ilustrado com aguarelas as principais castas nacionais da época.

No livro “Vinhos com Arte” as vinte castas nacionais mais apreciadas e utilizadas ganham de novo destaque e pela pintura e aguarela de José Serrão de Faria são ainda homenageadas as vinte adegas que constituem uma referência pelo valor arquitectónico, decorativo e funcional.
 
Fonte:  Wines of Portugal

Vinhos portugueses reforçam posicionamento em Luanda

Os vinhos portugueses continuam a liderar as vendas de vinho engarrafado em Angola e esta é uma posição que deve ser reforçada e consolidada.

É com este objectivo que a Prova Anual de Luanda será realizada no próximo dia 02 de Julho, terça-feira, pelas 16h30, no Palmeiras Clube de Luanda. Além deste evento âncora de apresentação dos vinhos portugueses a ViniPortugal organizará uma Wine Party, no final de Novembro, que constituirá a celebração do consumo de vinho português a copo associada a um momento descontraído e de festa.

Na 5º edição da Prova Anual, Luis Pato dirigirá o Seminário sobre a diversidade dos vinhos portugueses, que inclui a apresentação de diversos vinhos nacionais. 80 produtores darão a conhecer o melhor da produção vinícola nacional e a consistente qualidade dos vinhos portugueses. Participarão 600 convidados, essencialmente trade – importadores e distribuidores – um dos mais importantes públicos de referência em Angola para afirmação dos vinhos portugueses, a par do consumidor final.

Com uma excelente aceitação junto dos segmentos premium e super premium do mercado Angolano, os vinhos portugueses têm assinalado um crescimento significativo e um sustentado aumento de vendas em valor. Em 2012 foram vendidos 677 919 hectolitros, no valor de 77 847 milhões de euros, representativos de um aumento de 16,8%. 

Com um investimento de 340 mil euros em Angola, a ViniPortugal pretende capitalizar o crescimento estimado dos vinhos portugueses de 19% em valor no período estabelecido de 3 anos até ao final de 2014.

Fonte:  Wines of Portugal

Festas “A Copo” cativaram Lisboa

A terceira edição das festas A Copo foi concluída com muito sucesso, pois conseguiu cativar o público jovem e atrair novos consumidores para o vinho a copo, servir 11.000 copos de vinho, demonstrando as inúmeras vantagens desta opção.

Através das festas A Copo foi promovido o consumo de vinho a copo associado a um momento de descontração e de degustação com moderação. A terceira edição foi desenvolvida em linha com as duas primeiras festas realizadas nos dois anos anteriores, constituindo uma etapa muito importante no processo educativo traçado para 5 a 10 anos, que ambiciona mudar a cultura do vinho em Portugal.  

Nas festas A Copo foram degustadas 21 referências de um conjunto alargado de vinhos de qualidade, representativos das principais regiões vitivinícolas portuguesas, nos 16 estabelecimentos aderentes das ruas da Barroca, Diário de Notícias e Salgadeiras.

A animação esteve a cargo da equipa da Miss Suzie que este ano contou com novas personagens, mais elaboradas e munidas de peças criativas, designadamente o “convite para a festa das amigas”; “CD da Ariza”, “bilhete de concerto do spoken word”. Na animação participou um total de 25 personagens entre as quais destacamos 16 novas, tais como duas garçonetes, um historiador, um spoken word, três fadistas, saxofonista e produtor vinícola, entre outras.

A banda de jazz “O Quinteto Impossível” com 5 elementos surgiu este ano renovada e com momentos de ligação direta com os sketchs das personagens. O público presente aderiu muito positivamente à simultaneidade das ações e à entrada das várias personagens que ao mesmo tempo criaram diversos momentos de animação.

Fonte:  Wines of Portugal

Provas anuais promovem vinhos portugueses no Brasil

O mercado brasileiro continua a ser extremamente importante para a promoção dos vinhos portugueses e as duas provas anuais, que vão ser organizadas nos próximos dias 25 e 27 de Junho, em S. Paulo e no Rio de Janeiro, são a prova dessa aposta da ViniPortugal no Brasil, enquadradas num investimento anual de um milhão de euros.

Nestas duas Provas Anuais Dirceu Viana Júnior conduzirá o seminário subordinado ao tema “Apreciar a Diversidade dos Vinhos de Portugal”. O Master of Wine foi escolhido para dirigir esta palestra, que assume o papel central nas provas, por lhe caber este ano a tarefa de selecionar os 50 melhores vinhos para o mercado brasileiro. Ele é o único Master of Wine da América do Sul e o único de língua portuguesa e é profundo conhecedor dos vinhos portugueses, tendo tirado partido da sua estadia em Portugal este mês para aprender mais sobre os vinhos nacionais, as diversas regiões vinícolas e as características diferenciadoras das nossas castas.

Em cada uma das Provas Anuais o público convidado – nomeadamente jornalistas, distribuidores, importadores e público em geral – terá possibilidade de degustar os cerca de 400 vinhos em prova, estando a acção dividida em dois horários de acordo com o tipo de público: profissionais das 16.00h às 21.00, e consumidores das 18h00 às 21.00h

Jorge Monteiro, presidente da ViniPortugal destaca “as Provas Anuais nas mais importantes cidades dos mercados estratégicos em que estamos presentes correspondem ao perfil de evento que maior adesão tem da parte dos produtores ou seus importadores. São Paulo é anualmente palco dessas Provas, alternando com Brasília ou Rio de Janeiro. Este ano será nesta cidade, na antiga Embaixada de Portugal no Brasil edifício emblemático que empresta a sua beleza a este evento. Além disso o Rio de Janeiro foi escolhido por ser um centro sede da preparação da Copa do Mundo”.      

“Juntamente com a França e a Itália Portugal é um dos grandes fornecedores de vinho do mercado Brasileiro, sendo muito importante manter uma presença forte, competindo não só com estes seus rivais europeus mas também com o Chile e a Argentina, países que beneficiam da isenção de taxa aduaneira (cerca de 27%) naquele mercado. Pretendemos consolidar, mas sobretudo ganhar quota neste mercado, sem perda de posicionamento”, defende o mesmo responsável.

Fonte:  Wines of Portugal

A Copo na rua para animar Lisboa

A campanha A Copo sai à rua nos próximos dias 21 e 22 de Junho para animar o Bairro Alto, em Lisboa, e promover o consumo moderado de vinho nacional. Este ano 16 estabelecimentos aderem à iniciativa possibilitando a extensão da festa às ruas Salgadeiras e Diário de Noticias, para além da rua da Barroca.

A iniciativa é organizada pela ViniPortugal que apresenta a opção a copo como uma excelente alternativa para degustar vinhos nacionais de elevada qualidade. Interessa cativar o público jovem e demonstrar as inúmeras vantagens do consumo de vinho a copo, nomeadamente em termos económicos. Neste sentido em cada estabelecimento estará à disposição dos clientes uma carta de vinhos com 21 referências de várias regiões vínicas portuguesas. O copo de vinho será colocado à venda pelo preço atrativo de 1,5€ para cativar os consumidores.

A equipa da Miss Suzie e a banda de jazz “O Quinteto Impossível” prometem surpreender o público com actuações de teatro e de música e criar um ambiente descontraído, de convívio e de festa. As personagens Escanção, Garçon e Garçonettes, Historiador, Spoken word vão interagir com o público presente nas ruas e nos estabelecimentos aderentes, procurando envolve-lo no espírito da campanha A Copo.  

Fonte:  Wines of Portugal

Prova varietal Alfrocheiro no Palácio da Bolsa

A ViniPortugal organiza juntamente com a Comissão Vitivinícola do Dão a primeira prova varietal da casta Alfrocheiro, no próximo dia 15 de Junho, pelas 16h30, na Sala de Provas dos Vinhos de Portugal, da ViniPortugal, no Palácio da Bolsa, no Porto.

Produtores e enólogos do Dão conduzirão esta apresentação propondo a degustação de vinhos da região produzidos a partir desta casta nacional autóctone.    

A casta Alfrocheiro tinta é actualmente cultivada com maior representatividade no Dão, mas também está presente na Bairrada, Ribatejo e Alentejo. Com notas de fruta escura e taninos firmes, esta é uma casta com muito potencial a revelar. Mantem um perfil muito consistente nas várias regiões onde é implantada sendo facilmente reconhecida.   

As inscrições para a prova poderão ser efectuadas pelo e-mail sala.ogival.porto@viniportugal.pt, mediante o pagamento de 5€. Outras informações poderão ser solicitadas a Daniela Macedo, através deste mesmo endereço de e-mail ou do telefone 22 33 23 072/ 96 637 11 02

Fonte:  Wines of Portugal

Festas a Copo invadem Lisboa

O Bairro Alto volta a ser o palco escolhido para as Festas A Copo, que serão realizadas nos dias 21 e 22 de Junho, nas ruas da Barroca, das Salgadeiras e Diário de Noticias. Provar e degustar bom vinho português é o desafio desta iniciativa que pretende conquistar o público jovem, dando-lhe a conhecer versatilidade e a qualidade dos néctares nacionais.

Esta é a terceira edição da iniciativa da ViniPortugal que no ano passado conseguiu envolver 16.500 consumidores e promover o consumo de bons vinhos portugueses a copo, como forma de aceder a diversas opções de elevada qualidade, com moderação, em momentos de descontração e convívio.

As Festas A Copo são organizadas no âmbito da campanha e estão vocacionadas para o mercado nacional, procurando cativar um público maioritariamente jovem e citadino numa zona de ambiente noturno chave. Na edição de 2012 foram degustados 30 vinhos portugueses de referência, das principais regiões demarcadas, a um preço acessível (1,5€).

Fonte:  Wines of Portugal