Arquivo para junho 2013 | Página mensal de arquivo

Alentejo, Douro, Lisboa e Dão distinguem-se nos Ouros e Grandes Ouros

Submeter tantos vinhos a críticos internacionais neste concurso foi uma boa aposta no tempo certo. Assim considera a Viniportugal que este ano assegurou a organização do Concurso Vinhos de Portugal. Os 258 vinhos medalhados foram anunciados na passada sexta-feira, dia 07 de Junho, no Pátio da Galé, em Lisboa. 
 
Concorreram 919 vinhos tranquilos e 88 vinhos fortificados. As 258 medalhas distinguiram várias categorias: 125 de bronze, 81 de prata, 36 de ouro e 16 Grandes Ouro, culminando com a designação do Melhor Fortificado 2013 e Melhor Vinho 2013. 
 
Embora com algumas surpresas de um modo geral, as regiões que maior número de vinhos apresentaram foram as mais distinguidas. O prémio Melhor do Ano foi para o Vale das Areias Syrah 2010, da Sociedade Agrícola da Labrugeira, e o Melhor Fortificado para o Duorum Vintage 2011. 
 
“Foi um desafio extremamente aliciante que envolveu muito a ViniPortugal e que nos permitiu uma avaliação que será muito importante para próxima edição, que terá lugar entre 12 e 16 de Maio de 2014, no CNEMA, em Santarém. A entrega de prémios será realizada a 06 de Junho, em local a designar”, sublinha Jorge Monteiro, presidente da ViniPortugal .
 
“Conseguimos transmitir uma imagem de forte consistência qualitativa dos vinhos portugueses. Este foi sem dúvida um dos objectivos atingidos, a par do número record de vinhos participantes e da positiva envolvência de especialistas internacionais”, acrescenta o mesmo responsável.

Vinhos premiados com medalhas de Grande Ouro e Ouro

Vinhos premiados com medalhas de Prata

Vinhos premiados com medalhas de Bronze
 

Fonte:  Wines of Portugal

Wine Academy promove vinhos portugueses na Alemanha

Alemanha é o próximo destino do investimento em formação da ViniPortugal, após China e Brasil. Nos meses de Junho e Julho várias serão as cidades alemãs que acolherão a formação da Wine Academy dirigida por David Schwarzwalder (na foto).

Promover o conhecimento dos vinhos portugueses é o objectivo prioritário deste plano de educação que pretende envolver os públicos on e off trade, comunicando os principais atributos dos vinhos portugueses. A degustação dos vinhos nacionais será uma componente importante destas sessões para cativar estes públicos para as especificidades da produção nacional e qualidade e versatilidade dos vinhos produzidos a partir de castas autóctones portuguesas. 

Jorge Monteiro, presidente da ViniPortugal, salienta que “a Alemanha embora seja um mercado considerado maduro continua a ser importante em termos de exportação, pois é consumidor de vinho europeu. Posiciona-se como o 7º destino da exportação de todos os vinhos portugueses e o 2º de vinhos tranquilos, com um crescimento de 11,7% do valor das exportações.”

“O plano de educação concentra uma grande parte do investimento neste mercado, dado que é estratégico conquistar os públicos referência, nomeadamente líderes de opinião e compradores, importantes prescritores e embaixadores dos vinhos portugueses na Alemanha.” sublinha o mesmo responsável.

Programa:

1. Düsseldorf – 7 de Junho – Monkeys – jantar para empresários, jornalistas e líderes de opinião. Iniciativa organizada em parceria com a Embaixada de Portugal, com o objectivo de marcar o início das comemorações do 10 de Junho em Dusseldorf

2. Stuttgart –17 de Junho – Bern Kreis Weinhandlung.

3. Frankfurt (TdT) –24 de Junho – Levis 25h Hotel

4. Nürnberg – 8 de Julho -Hotel Victoria

Fonte:  Wines of Portugal

258 medalhas valorizam o Vinho Português

O Concurso Vinhos de Portugal vai elogiar o vinho português na cerimónia de entrega de prémios, que será realizada na próxima sexta-feira, dia 07 de Junho, pelas 19h30, no Pátio da Galé, em Lisboa. São 258 medalhas que distinguem os melhores dos 1007 vinhos, número record de vinhos portugueses em concurso nacional.

Todas as regiões vitícolas nacionais estiveram representadas nesta prova: 188 Alentejo, 57 Bairrada, 64 Dão, 273 do Douro e Porto, 85 Lisboa, 73 Setúbal, 101Vinhos Verdes e 77 Tejo. Assinalável foi a participação de 88 vinhos fortificados: Porto, Madeira e Moscatéis 

Na cerimónia serão entregues 125 medalhas de bronze, 81 de prata, 36 de ouro e 16 Grandes Ouro, culminando com a designação do Melhor Fortificado 2013 e Melhor Vinho 2013.

O Concurso Vinhos de Portugal 2013 constitui uma excelente montra do melhor que se faz em Portugal, mas constitui, sobretudo, um momento único pois nunca tantos vinhos portugueses estiveram num mesmo momento sujeitos a um tão vasto escrutínio de especialistas de vinhos estrangeiros, confirmando o bom momento que os Vinhos de Portugal atravessam.

Especial destaque merece o facto do Grande Júri por unanimidade ter considerado que todos os 52 vinhos apresentados para selecção da Grande Medalha de Ouro possuíam excelente qualidade.

Fonte:  Wines of Portugal