Arquivo para fevereiro 2014 | Página mensal de arquivo

Chanfana – Lousã e concelhos vizinhos preparam programa anual de promoção gastronómica

Vinte restaurantes vão participar no Festival da Chanfana da Lousã, de 21 de Fevereiro a 3 de Março, num momento em que vários municípios da região preparam um calendário anual com iniciativas sobre esta especialidade gastronómica.

Guarda – Meio milhar de pessoas participam no desfile do Entrudo e Julgamento do Galo

Cerca de 500 pessoas participam no desfile do Entrudo e Julgamento do Galo, uma das muitas iniciativas que a Câmara da Guarda está a organizar para comemorar o Carnaval, que decorre entre 28 de Fevereiro e 4 de Março. Concertos, teatro, gastronomia e um cortejo infantil são outras atracções do Entrudo naquela cidade beirã.

Joshua Greene sobre a selecção dos 50 vinhos portugueses

Os 50 Grandes Vinhos Portugueses para os EUA foram apresentados em Nova Iorque no passado mês de Janeiro e Joshua Greene, editor da revista norte-americana Wine & Spirits, escreveu uma carta relatando alguns momentos do processo de seleção de vinhos e locais que visitou em Portugal.

Na carta, apenas em inglês, o editor relata algumas características marcantes da paisagem vitivinícola nacional e também a forma como a tradição vinícola está interligada com as tecnologias mais recentes, mencionando como exemplo os lagares mecânicos do Douro.

Aponta ainda a dedicação dos produtores e enólogos portugueses que trabalham sabiamente os vinhos, tendo em conta os solos, as vinhas e respeitando o saber dos seus antepassados.

É também desvendado alguns momentos do processo de seleção dos 50 melhores vinhos. Foram organizadas 3 sessões de prova, uma em Lisboa e duas no Porto que resultaram numa primeira seleção de cerca de 100 vinhos. Esses vinhos foram novamente provados por Joshua Greene para alcançar a seleção final de 50 vinhos, onde foi considerada a representação do maior número de regiões vitícolas portuguesas.

A carta, assim como as notas de prova de cada vinho, podem ser lidas aqui (apenas em inglês).
Fonte:  Wines of Portugal

Lisboa – Ordem de despejo pode pôr fim a 120 anos de Ginjinha sem Rival

A secular Ginjinha sem Rival, em Lisboa, recebeu ordem de despejo. A casa, fundada no século XIX, vê-se forçada a encerrar portas. O proprietário não cruza os braços e pondera «agir judicialmente» contra a situação que considera «um escândalo».

Beja – Olivicultores unem-se para defender o sector no Sul

Olivum é nome da recém-criada Associação de Olivicultores do Sul que visa defender os interesses comuns dos olivicultores e do sector olivícola na região. Segurança, custos de energia e de água são alguns dos temas prioritários para uma entidade que pretende ser uma voz activa junto de organismos nacionais e internacionais com poder de decisão nesta actividade.

Viana do Castelo – Antigo navio-hospital recebe centro dedicado à história do mar

O antigo navio-hospital Gil Eannes vai receber um Centro de Mar e Documentação Marítima, investimento de 550 mil euros que prevê novos trabalhos de reabilitação, já adjudicados pela Câmara de Viana do Castelo.

Cultura – «Entrudo português renasceu a partir dos anos 80 do século XX» – investigadora

A década de 80 do século passado trouxe uma regeneração dos tradicionais rituais de Entrudo, recuperados pelas comunidades locais e alvo de um renovado interesse académico. Quem o recorda é Clara Saraiva, antropóloga e investigadora do IICT-Instituto de Investigação Científica Tropical e CRIA-FCSH, que salienta igualmente a importância que a academia portuguesa tem dedicado ao estudo destas festas que, por estes dias, animam o país de Norte a Sul.

Vinhos portugueses em prova anual em Londres

A promoção dos Vinhos de Portugal está estrategicamente direcionada para o mercado do Reino Unido no próximo dia 05 de Março, com a Prova Anual dos Vinhos Portugueses, que será realizada pela ViniPortugal no Royal Horticultural Lindley Hall, em Londres. A presença de 130 produtores assinala o número record de participantes nesta prova, reveladora do forte investimento dos vinhos nacionais neste mercado.

A Prova Anual de Londres é organizada no âmbito do Plano de Promoção 2014 e tem como objectivos apresentar as novidades dos produtores portugueses, bem como detectar novas oportunidades de negócio e fortalecer a presença do vinho português neste mercado. Em parceria com o IVDP será exibida uma vasta gama de Vintage 2011. 

Participarão na prova cerca de 550 profissionais: escanções, compradores, jornalistas, críticos de vinho, importadores, operadores do sector especializado, bem com as equipas do canal on-trade. Nesta edição, seguindo o que é organizado em outros mercados, será realizada uma prova temática de vinhos raros liderada pelo jornalista João Paulo Martins, dirigida aos principais líderes de opinião do mercado. Pela primeira vez haverá um momento dedicado ao consumidor final prescritores de alto envolvimento com o vinho. A prova, realizada ao final do dia, contará com cerca de 400 consumidores.

Na véspera da prova, no dia 4 de Março, da parte da tarde, será organizado um Workshop específico sobre o canal de distribuição on-trade, para o qual estão convidados todos os Agentes Económicos que pretendam expandir a sua presença neste canal de distribuição. O workshop requer inscrição apesar de ser de acesso gratuito. 

Jorge Monteiro, presidente da ViniPortugal, salienta que “o Reino Unido é um mercado referência para os vinhos portugueses, sendo o terceiro principal mercado para as exportações em valor. Embora seja um mercado tradicional, continua a liderar a definição de tendências seguidas por outros mercados e é muito relevante por constituir uma porta para outros países.”

“A forte participação neste evento revela a consciência da importância deste mercado e o positivo interesse dos produtores portugueses em tirarem proveito desta oportunidade ao nível de contacto com os principais públicos-alvo deste mercado” afirma o mesmo responsável.
 
Fonte:  Wines of Portugal

Património – Associação quer «Linha SOS» para património imaterial em risco

A Associação Portuguesa para a Salvaguarda do Património Imaterial (PCI) defendeu a criação de uma «linha SOS» que permita alertar para as situações de bens culturais imateriais em risco e que necessitem de medidas de salvaguarda urgentes.

Alentejo – Évora vai ter centro de preservação da tradição oral e cultura popular

A preservação da tradição oral e da cultura popular é o objectivo de um centro que está a ser criado em Évora, num projecto que, a partir de dia 13 de Fevereiro, apresenta uma mostra dedicada ao conto tradicional.