Arquivo para fevereiro 2015 | Página mensal de arquivo

Vinhos Portugueses somam medalhas na China

Os vinhos portugueses alcançaram um ótimo resultado no concurso CWSA (China Wine & Spirits Awards). O vinho Adega de Pegões Syrah, da colheita de 2012, foi considerado o vinho português do ano. As regiões portuguesas viram também reconhecidos alguns dos seus melhores vinhos. Assim, os tintos Alta Corte (2012), Palato Reserva (2011) e Lusitano Reserva (2013) foram galardoados como os melhores vinhos das regiões Lisboa, Douro e Alentejo, respetivamente.

Para além dos 4 troféus nacionais, 35 vinhos obtiveram medalhas Duplo Ouro Gold, 51 vinhos distinguiram-se com medalhas Gold e 22 conquistaram as medalhas de prata. Neste concurso os vinhos são premiados pela sua relação preço-qualidade. Assim, para além da elevada qualidade os vinhos terão de ter um preço que valorize a classificação.

A competição contemplou uma seleção de vinhos e destilados de 35 países, tendo estes sido avaliados por um painel de uma centena de jurados, selecionados entre os maiores importares, retalhistas e escanções da China.

Conheça a lista completa de premiados aqui.

Fonte:  Wines of Portugal

Formação a copo reforçada em Lisboa

A ViniPortugal organiza mais uma formação a copo para o Canal Horeca. A formadora Daniela Macedo conduzirá a formação que será realizada na segunda-feira, dia 23 de Fevereiro, entre 15h e as 18h, nas instalações da ViniPortugal, na Rua Mouzinho Silveira, em Lisboa. A acção é gratuita mas exige inscrição através do e-mail: daniela.macedo@viniportugal.pt ou através do número 213569890. 

 
Através das formações a Copo a ViniPortugal procura reforçar junto do canal Horeca a promoção dos vinhos nacionais, incentivar o bom serviço, apostando na divulgação das vantagens da implementação de um serviço a copo de qualidade. Complementarmente um outro foco desta formação é a Educação para a moderação, que pretende sensibilizar o canal Horeca para a necessidade de promover uma nova cultura de abordagem às bebidas alcoólicas, promovendo um consumo moderado e responsável.
 
Em 2015 a ViniPortugal continuará a organizar formações A Copo, apostando num formato mais abrangente, abordando não só no serviço de vinho a copo, como incidindo na sensibilização para o vinho, aumento de conhecimento, introdução à especificação dos vinhos e das castas nacionais, com vista a potenciar um melhoramento do serviço de vinho nos dois principais centros turísticos nacionais.   
 
Programa de Formação:
Local: Salas de Provas dos Vinhos de Portugal no Porto e em Lisboa
 
Março:
2 – Porto 
30 – Lisboa 
 
Abril: 
6 – Porto
20 – Lisboa

Maio:
4 – Porto
18 – Lisboa
 
Junho:
1 – Porto
8 – Lisboa
 

Fonte:  Wines of Portugal

Espumantes da Bairrada e Conservas A Poveira à prova no Porto

A ViniPortugal, em parceria com a Comissão Vitivinícola da Bairrada e a fábrica de conservas A Poveira, proprietária da Minerva, organiza uma prova Espumantes e Conservas, na próxima sexta-feira, dia 20 de Fevereiro, a partir das 19h30, na Sala de Provas dos Vinhos de Portugal, no Palácio da Bolsa no Porto.

Nesta prova é sugerida a harmonização dos espumantes da Bairrada com as conservas Minerva. Os espumantes da Bairrada, com uma elevada reputação, são elaborados a partir da prensagem da casta Baga ou Touriga Nacional ou da perfumada Maria Gomes, Arinto, Bical e, por vezes, Chardonnay. Com 70 anos de sabedoria, as conservas Minerva surpreendem pela sua qualidade superior. São produzidas com peixe fresco, capturado diariamente na costa portuguesa, seleccionado e preparado manualmente para surpreender o gosto mais exigente.

As inscrições para a prova poderão ser efectuadas para o endereço provas.salaporto@viniportugal.pt, mediante o pagamento de 5€. Outras informações poderão ser solicitadas a Daniela Macedo, através deste mesmo endereço de e-mail ou do telefone 22 33 23 072/ 96 637 11 02.      

Fonte:  Wines of Portugal

Vinhos de Portugal promovidos com sucesso na FITUR em Espanha

Os Vinhos do Norte foram os protagonistas das provas temáticas organizadas pela ViniPortugal, em parceria com o Turismo Porto e Norte de Portugal, que visaram promover o conhecimento dos vinhos portugueses na FITUR, em Madrid, não só junto do público espanhol como dos visitantes estrangeiros da feira. Participaram nesta iniciativa vinhos medalhados do Concurso Vinhos de Portugal 2014, distinguidos com prata, ouro e grande ouro.

Em 2014 Espanha destacou-se como o principal mercado emissor de turistas para o Porto e Norte e Portugal, estando previsto um reforço da promoção de Portugal ao longo de 2015, em mais 10 feiras.

As provas foram realizadas no stand do Turismo Porto e Norte de Portugal na FITUR, que registou mais de 225 mil visitantes. Neste existiu uma grande aposta em divulgar o melhor que o Norte de Portugal tem para oferecer, designadamente ao nível da Gastronomia e Vinhos. Tendo como ponto de partida que os vinhos nacionais estão fortemente associados à gastronomia portuguesa e esta harmonização é uma das vivências e experiências mais recordada por quem nos visita, tanto que em 2014 “Experimentar a gastronomia” foi considerada a actividade mais praticada por 62, 8% dos turistas.

No total foram colocados à prova mais de 300 produtos gastronómicos e vinhos no stand promocional de Portugal e foram realizados 35 live cookings e show cookings e 40 provas de vinho comentadas.  

Jorge Monteiro, presidente da ViniPortugal, destaca que “esta presença enquadra-se numa parceria com o Turismo Porto e Norte de Portugal sendo uma excelente oportunidade de promoção de um destino turístico e um dos seus produtos mais emblemáticos, o Vinho. A presença na FITUR permitiu comprovar a grande apetência dos espanhóis pelos nossos vinhos e produtos gastronómicos e o interesse que demonstram em conhecer melhor Portugal”.    

Fonte:  Wines of Portugal

Moscatéis de José Maria da Fonseca em destaque na Sala de Provas do Porto

Os Moscatéis de José Maria da Fonseca serão os protagonistas da prova, que será realizada no próximo dia 13 de Fevereiro, a partir das 18h30, na Sala de Provas dos Vinhos de Portugal, no Palácio da Bolsa no Porto.

José Maria da Fonseca é um negócio de família com quase dois séculos de história que, sem nunca repousar sobre as glórias conquistadas, tem sabido modernizar-se. Exerce a actividade vinícola desde 1834, fruto da paixão partilhada de uma família que tem sabido preservar e projectar a memória e o prestígio do seu fundador.

Consciente da responsabilidade der ser, na actualidade, o mais antigo produtor de vinho de mesa e de Moscatel de Setúbal em Portugal, a José Maria da Fonseca obedece a uma filosofia de permanente desenvolvimento, o que a leva a investir sempre mais em suportes de investigação e de produção, aliando as mais modernas técnicas ao saber tradicional. O que mais caracteriza o trabalho na José Maria da Fonseca é uma enorme paixão pela arte de fazer vinho. É esta paixão, geradora de emoções, que a José Maria da Fonseca partilha com o consumidor de cada vez que este prova um dos seus vinhos.

As inscrições para a prova poderão ser efectuadas para o endereço provas.salaporto@viniportugal.pt, mediante o pagamento de 5€. Outras informações poderão ser solicitadas a Daniela Macedo, através deste mesmo endereço de e-mail ou do telefone 22 33 23 072/ 96 637 11 02.      

Fonte:  Wines of Portugal

Gastronomia – Confrarias querem reconhecimento do contributo para as economias locais

A presidente da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas (FPCG), Olga Cavaleiro, disse que «é altura de valorizar o trabalho das confrarias» que são hoje em dia «chamadas a responsabilidades alargadas». d.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);

Ílhavo – Autarquia quer registo da Festa da Vista Alegre como património imaterial

A Câmara de Ílhavo deu parecer prévio positivo ao processo de registo das festas da Vista Alegre no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial, revelou a autarquia.

Chefs e Restaurantes do Porto desafiados a promoverem menus de harmonização que enalteçam os vinhos nacionais

O Astória do Hotel Intercontinental acolhe hoje o almoço vínico, com sugestão de harmonizações do Chef Pedro Sequeira, tendo como convidados o jornalista Paulo Salvador da TVI e o Chef Hélio Loureiro. Um almoço organizado pela AliveTaste, com o apoio da ViniPortugal, que se enquadra na iniciativa promovida por estas duas entidades com seis restaurantes de referência da cidade do Porto. Divulgar bons exemplos de harmonização da gastronomia nacional e das criações de Chefs que evidenciem a qualidade dos vinhos portugueses é o principal objectivo destes almoços que, a par, pretendem ainda incentivar a promoção de um melhor serviço de vinho na restauração e a boa articulação entre menus e cartas de vinho.

 
Os próximos almoços serão organizados Boa Nova, Pedro Lemos e em mais dois restaurantes de referência durante o primeiro semestre do ano. Em cada almoço participarão diversas personalidades que analisarão a refeição de acordo com vários critérios, procurando destacar o melhor e consolidando os parâmetros referência que devem ser seguidos. Assim serão votados pela mesa presente em cada refeição, o melhor vinho apresentado, a melhor harmonização proposta, o melhor prato sugerido de entrada, peixe, carne e sobremesa. Será transmitida também uma opinião sobre a avaliação do serviço de vinhos, por cada membro da mesa, com o mesmo critério das votações anteriores. As refeições terão a cobertura fotográfica especializada do Pedro do Canto Brum e o vídeo da Lightbox.
 
Cronograma dos próximos almoços 
13 de Fevereiro -Boa Nova – Chef Rui Paula
13 de Março -Pedro Lemos – Chef Pedro Lemos
03 de Abril e 08 de Maio – em restaurantes a anunciar 
 
Já realizado
Palco – do hotel Teatro  – Chef Arnaldo Azevedo   
Após cada almoço serão difundidas reportagens sobre estes conceituados restaurantes, com uma análise ao nível dos vinhos. Será destacado o serviço, a carta (abrangência de regiões, tipos de vinhos, equilíbrio preço/qualidade de serviço), o serviço de vinho a copo, e harmonizações como base do serviço prestado, para um equilíbrio harmonioso da refeição, a gastronomia ao nível da cozinha praticada e respectivo serviço de sala. 
 
Este projecto piloto vem no seguimento de reportagens que têm sido desenvolvidas por Mário Rodrigues nos últimos três anos, com a fotografia do Pedro do Canto Brum, focadas nas harmonizações e no papel que o vinho tem no sucesso de qualquer refeição, evidenciando o serviço cada vez mais importantes dos vinhos e da sua associação com a gastronomia.
 

Fonte:  Wines of Portugal

Endògenos – Iniciativa em torno de produtos portugueses a caminho da internacionalização

Denomina-se Endògenos e trata-se de uma iniciativa que promove experiências gastronómicas que pretendem valorizar produtos alimentares genuinamente portugueses, com origem na terra e no mar. Segundo os promotores, em 2015 chega a internacionalização, com uma primeira experiência em Espanha com várias iniciativas agendadas.

Celorico da Beira – Autarquia promove feira para dar «visibilidade» ao queijo Serra da Estrela

A Câmara de Celorico da Beira anunciou que vai realizar, de 13 a 21 de Fevereiro, mais uma edição da feira do queijo Serra da Estrela, para «dar visibilidade» àquele produto tradicional.