Arquivo para maio 2016 | Página mensal de arquivo

Vinhos de Portugal reforçam promoção nos EUA

Os EUA continuam a ser o principal mercado de promoção dos vinhos portugueses. Motivo pelo qual a ViniPortugal regressa a este mercado com a organização de duas provas em Boston e Seattle – nos dias 31 de Maio e 07 de Junho- e dois almoços harmonizados em Los Angeles e Austin, reforçando a notoriedade e conhecimento dos vinhos portugueses junto de importantes públicos deste mercado. 

De acordo com dados relativos ao fecho de 2015, os vinhos portugueses registaram um crescimento total de 16.3% em valor e 7.6% em volume. 
 
Na Prova de Boston, que será realizada no dia 31 de Maio, participam 28 produtores que colocarão os seus vinhos em degustação divulgando a autenticidade e a diversidade das castas autóctones nacionais. A prova será inicialmente dirigida a profissionais de trade do sector, abrindo depois a amantes e apreciadores de vinho, sendo esperada a participação de um total de 300 consumidores e profissionais de trade norte-americanos. 
 
Um seminário centrado no tema “Modern Portugal: Exploring Contemporary Approaches, Classic Grapes and Exciting Wines” antecederá a prova. O seminário será conduzido pelo Master Sommelier Evan Goldstein, e será dirigido a 50 profissionais, contemplando a apresentação de 10 vinhos.
A Prova de Seattle terá lugar no dia 7 de junho, no The Rainier Club. Será igualmente precedida de um seminário, após o qual 18 produtores nacionais darão a provar os seus vinhos a 150 profissionais de trade do sector.
 
A ViniPortugal organiza ainda, pela primeira vez, dois almoços em Los Angeles e Austin, em que desafia um dueto de chefes – americano e português – a harmonizar os 13 vinhos apresentados com gastronomia portuguesa e americana. O objectivo é demonstrar a versatilidade dos vinhos portugueses, aumentando a sua notoriedade. 
 
O Master Sommelier Evan Goldstein será o anfitrião dos eventos, nos quais 40 líderes de opinião locais do sector serão convidados a provar as harmonizações propostas.  
 
O mercado dos EUA possui um elevado potencial de oportunidade e crescimento para as exportações da produção nacional. É o alvo do maior investimento da promoção internacional de vinho português, pois é um importante mercado de exportação para vinhos portugueses. Actualmente posiciona-se como o quarto principal destino das exportações de vinho português. É interessante registar a forma positiva como os vinhos portugueses têm sido acolhidos pela crítica especializada, bem como o desenvolvimento recente das exportações.
 

Fonte:  Wines of Portugal

Vinhos de Portugal no Salon du Vin em Paris

Durante três dias Paris acolhe a promoção dos vinhos portugueses, que participam de 4 a 6 de Junho no Salon Du Vin no Parc Floral na capital francesa. A ViniPortugal apoia a primeira edição organizada por uma ousada iniciativa de lusodescendentes.

A ViniPortugal organiza neste certame diversos seminários com o objetivo de cativar a atenção de profissionais, sommeliers e jornalistas, assim como do público em geral para os vinhos portugueses. Cerca de 80 produtores nacionais promoverão degustações no evento, demonstrando as características únicas dos Vinhos de Portugal. 
 
Jorge Monteiro, presidente da ViniPortugal, afirma que “não sendo um dos mercados prioritários, porque o Orçamento tem limites e há que fazer opções, a França é, porém, um mercado relevante para os vinhos portugueses, sobretudo para o Vinho do Porto, para onde saem cerca de 85 milhões de euros de exportações. No entanto numa análise mais detalhada não podemos ignorar que a França importou em 2015 mais de 11 milhões de euros de vinho de mesa com Denominação de Origem, o que representa, na mesma categoria dos vinhos com DO, mais do que importou o Reino Unido, 3 vezes o que importou a China e 5 vezes o que se exportou para a Noruega ou a Suécia. Esta realidade merece uma maior atenção do que a que tem sido dada ao mercado da França, até porque muitos são os investidores franceses em investir em Portugal e não exclusivamente no Vinho do Porto. “ 
 
 

Fonte:  Wines of Portugal

Gurvinder Bhatia enaltece Vinhos de Portugal na Global TV

Gurvinder Bhatia é editor de vinho da Quench Magazine, colunista de vinhos do Edmonton Journal e da Global TV Edmonton, é jurado internacional de vinho e Director da Wine, Business Development & Education para as garrafeiras UnWined em Edmonton. Recentemente integrou o painel de jurados do Concurso Vinhos de Portugal 2016 e de regresso ao Canadá fala do enorme potencial dos Vinhos de Portugal, no programa Global TV. 
 
O conceituado crítico de vinhos ficou surpreendido com a elevada qualidade dos Vinhos de Portugal. Gurvinder Bhatia explica que Portugal não fica atrás de Itália em termos de diversidade, apesar de ser um país pequeno tem mais de 250 castas autóctones e muitas regiões vitivinícolas diferentes, com diferentes microclimas. O crítico de vinhos diz “É tão interessante para mim, porque cada vez que vou a Portugal fico extremamente impressionado com a qualidade que existe lá! (…) não tenho dúvidas que os Vinhos de Portugal serão o centro das atenções da indústria do vinho.”
 
Assista o vídeo na íntegra:

 

Fonte:  Wines of Portugal

Vinhos de Portugal premiados no International Wine Challenge 2016

A 33º edição do concurso International Wine Challenge distinguiu 985 vinhos Portugueses com 64 medalhas de ouro, 238 medalhas de prata e 341 medalhas de bronze. Dos 64 vinhos premiados com medalhas de ouro, 16 receberam ainda Troféus, a mais alta distinção da competição. A região do Douro e Porto foi a mais premiada com 377 medalhas, entre elas 52 medalhas de ouro e 9 Trofeus. 

Portugal esteve entre os países mais premiados juntamente com França, Itália, Espanha e Austrália. O IWC divide-se em dois momentos diferentes de degustação. Na Tranche 1, os vinhos foram degustados em Novembro e na Tranche 2 em Abril. Os Troféus resultam da degustação dos vinhos premiados com medalhas de ouro nas duas Tranches. O processo de avaliação realizou-se com os vinhos divididos no contexto de estilo, país e região.
 
Conheça a lista completa de premiados aqui.
 
Lista de vinhos portugueses premiados com Trofeus no IWC2016:
 
- Pluma Alvarinho Reserva, 2014
- Marks and Spencer 10 Year Old Tawny Port, NV
- Contacto Amselmo Mendes, 2015
- Burmester Tordiz Porto 40 Year Old Tawny, NV
- Kopke Colheita, 1941
- Kopke Colheita White, 1935
- Henriques & Henriques, 20 Year Old Verdelho, NV
- Henriques & Henriques, 50 Year Old Tinta Negra Rich, NV
- Henriques & Henriques, 20 year old Malvasia, NV
- Quinta do Crasto, LBV Port, 2011
- Vasques de Carvalho 30 Anos Tawny Port, NV
- Quinta dos Malvedos Vintage Port, 2004
- Quinta da Foz Grande Reserva, 2012
- Single Harvest Boal, 2000
- Vinho Regional Alentejano Selecção Reserva Tinto Pingoe, 2014
- Vista Alegre Port 20 Years Old Tawny, NV
 

Fonte:  Wines of Portugal

Prova dos Melhores Vinhos Verdes no Porto

Bruno Almeida e Bárbara Roseira orientam a prova Melhores Vinhos Verdes 2016, no próximo dia 20 de Maio, pelas 18h30, na Sala de Provas do Porto, no Palácio da Bolsa, no Porto. Uma prova promovida em parceria com a CVR Vinhos Verdes que apresenta uma seleção dos vinhos premiados no Concurso Melhores Vinhos Verdes 2016. 

 
Há mais de 25 anos que a CVR Vinhos Verdes organiza este concurso seguindo o objetivo de destacar as melhores colheitas do ano e eleger os vinhos que representam a Região nas ações desenvolvidas nos mercados externos.
 
A inscrição na prova poderá ser efetuada até ao dia 19/04 para o endereço sara.monteiro@viniportugal.pt, mediante o pagamento de 5€. Outras informações poderão ser solicitadas a Sara Monteiro, através deste mesmo endereço de e-mail ou do telefone 22 33 23 072.      
 
 
 

Fonte:  Wines of Portugal

Os melhores Vinhos de Portugal estarão em Provas nas Salas de Lisboa e Porto da ViniPortugal

Os vinhos nacionais distinguidos no Concurso Vinhos de Portugal estarão disponíveis ao publico em geral em provas promovidas pela ViniPortugal nas Salas de Provas dos Vinhos de Portugal de Lisboa e Porto durante o ano de 2016.

 
Os prémios do concurso “Vinhos de Portugal” resultam de uma rigorosa avaliação realizada por de vários dias, onde 145 especialistas nacionais e internacionais dedicaram-se exclusivamente aos 1350 vinhos inscritos no concurso. Após uma rigorosa seleção, 29 vinhos foram medalhados entre os 333 premiados no concurso. 
 
Estes vinhos poderão agora ser conhecidos pelo púbico em geral, em provas conduzidas e comentadas por prestigiados oradores, conforme indica o programa para as cidades do Porto e de Lisboa.
 
Na Sala de Provas do Porto serão realizadas as provas:
 

– Prova CVP 2016 Douro, conduzida pelo orador Manuel Lobo
– Prova CVP 2016 Dão e Bairrada, por orador Vasco da Penha Garcia
– Prova CVP Vinhos Verdes, pelo orador Rui Cunha

 
Enquanto na Sala Ogival de Lisboa serão promovidas:

– Prova CVP 2016 Fortificados, guiada pelo orador Domingos Soares Franco
– Prova CVP 2016 Alentejo, orientada pelo orador Luís Cabral de Almeida
– Prova CVP 2016 Lisboa e Tejo, pelo orador António Ventura

 
No concurso Vinhos de Portugal mereceu destaque o vinho Quinta do Portal Grande Reserva 2011 “DOP” Douro Vinho Tinto. Distinguiu-se como o “Melhor Vinho do Ano do Concurso Vinhos de Portugal”. Entre os vinhos galardoados, ênfase para os prémios “Melhor Vinho Tinto Varietal” – Messias Clássico Garrafeira, 2010 “DOP” Bairrada Tinto, “Melhor Vinho Branco Varietal” – Quinta de Linhares Azal, 2015 “DOP”.
 
O prémio “Melhor Vinho do Lote Tinto” foi entregue para o vinho Quinta do Portal Grande Reserva, 2011″DOP” Douro Tinto, e “Melhor Vinho Branco de Lote” atribuído ao vinho Vallegre DOC Douro Reserva Branco, 2014 “DOP” Douro, de Vallegre, Vinhos do Porto S.A. Na categoria de vinhos licoroso, o Vinho do Porto Tawny de 1967 da Messias foi eleito “Melhor Vinho licoroso com data” e o Vinho do Porto Tawny 40 anos Kokpe, da Sogevinus, foi classificado como “Melhor Vinho Licoroso com Idade”.
 

Fonte:  Wines of Portugal

Douro é o grande vencedor do Concurso Vinhos de Portugal 2016

Os 7 grandes prémios do Concurso Vinhos de Portugal, que distinguem os melhores entre os 334 vinhos premiados, foram distribuídos pelas regiões do Douro, Vinho Verde e Bairrada. O vinho Quinta do Portal Reserva tinto (2011), da região do Douro, foi considerado o “Melhor Vinho do Ano”. A região do Douro distinguiu-se com mais 4 grandes premiações com os vinhos: Vallegre DOC Reserva 2014, o “Melhor Branco”, Messias 1967, o “Melhor Licoroso” e o KOPKE 40 Anos TAWNY, o “Melhor Licoroso de Lote”. A região da Bairrada, o Messias Clássico Garrafeira 2010 foi considerado o “Melhor Tinto Varietal” e o Hibernus Grande Cuvée o “Melhor Espumante do ano”. O vinho Quinta de Linhares Azal 2015, da região dos Vinhos Verdes, foi considerado “Melhor Branco Varietal”.

 
Mais de 145 enólogos e sommeliers provenientes de várias regiões de Portugal e especialistas de vários mercados provaram 1.350 vinhos nacionais dos 383 produtores inscritos no concurso. As 334 medalhas premiaram todas as regiões vitivinícolas portuguesas, com especial destaque para a região do Porto e Douro, com 78 medalhas e Alentejo, com 75 medalhas. No total foram atribuídas 23 medalhas de Grande Ouro, 84 Ouros e 137 Pratas.

“A qualidade deste ano foi muito boa”, resume Jorge Monteiro, presidente da ViniPortugal, que desde 2013 assegura a realização do Concurso Vinhos de Portugal e que tem como missão “promover a imagem de Portugal, enquanto produtor de vinhos por excelência valorizando a marca “Wines of Portugal”.

 

Lista completa de premiados aqui.

 
 
Melhores do Ano

""

Medalhas de Grande Ouro

""

Fonte:  Wines of Portugal

Vinhos de Portugal conquistam medalhas no Concours Mondial de Bruxelles

Entre os 8750 vinhos provenientes de 51 países produtores, os vinhos portugueses foram distinguidos 357 medalhas, na 21ª edição do Concours Mondial de Bruxelles. No total, Portugal arrecadou 16 medalhas de Grande Ouro, 114 medalhas de ouro e 227 medalhas de prata.

A região do Porto e Douro foi a região portuguesa mais premiada com 137 medalhas, seguida da região do Alentejo com 115 medalhas. Os resultados são entusiasmantes uma vez que o número de premiados aumentou face ao ano 2015.

Os vinhos foram avaliados por um painel de 320 jurados nomeadamente sommeliers, compradores, importadores, jornalistas e críticos de vinho provenientes de 54 países. A edição do próximo ano terá lugar em Valladolid, Espanha.

Vinhos portugueses premiados com medalha de Grande Ouro

Barros Porto Colheita 1974 (Sogevinus Fine Wines)
Bridão Alicante Bouschet 2013 (Adega Coop. Do Cartaxo, Crl)
Cálem Porto Colheita 1961 (Sogevinus Fine Wines)
D’Oliveiras Madeira Wines 1973 (Pereira d’Oliveira Vinhos, Lda)
D’Oliveiras Madeira Wines 1981 (Pereira d’Oliveira Vinhos, Lda)
Pai Chão Grande Reserva 2011 (Adega Mayor, Sa)
Kopke Porto Colheita 1941 (Sogevinus Fine Wines)
Kopke Porto Colheita 1957 (Sogevinus Fine Wines)
Kopke Porto Colheita 1966 (Sogevinus Fine Wines)
Kopke Porto Colheita 1978 (Sogevinus Fine Wines)
Kopke Porto Colheita 1984 (Sogevinus Fine Wines)
Lupucinos Reserva 2013 (Quinta De Lubazim, Lda)
Quinta Da Gaivosa Tinto 2011 (Domingos Alves De Sousa, Lda)
Quinta Do Francês 2013 (Patrick Agostini, Lda)
Quinta Dos Murças Reserva 2011 (Esporão, Sa)
Virgo 2015 (Soc. Agr. Herdade Torre Do Frade)

Lista completa de resultados aqui.

Fonte:  Wines of Portugal

Gala “Os melhores de Portugal” dia 13 de Maio no Bussaco Palace Hotel com as grandes figuras mundiais do vinho

Com esta iniciativa a ViniPortugal visa divulgar os grandes vencedores do Concurso de 2016, com a presença de grandes nomes de referência mundial, as britânicas Jancis Robinson e Julia Harding, os americanos Joshua Greene e Evan Goldstein, o brasileiro Dirceu Junior e a alemã Caro Maurer.  

 
Uma oportunidade para desfrutar de um jantar, enquanto são apreciados os melhores de Portugal. No pódio estarão presentes os vinhos premiados, eleitos após uma criteriosa avaliação realizada por mais de 120 jurados nacionais e 25 internacionais.   
 
No total de cerca de 340 medalhas, das quais no máximo, 2% de Grandes Ouros e 4% de Ouros terá especial destaque a entrega dos 7 melhores do ano “Melhor Tinto”; “Melhor Branco”; “Melhor Varietal Tinto”; “Melhor Varietal Branco”; “Melhor Licoroso de Lote”; “Melhor Licoroso de ano”; “Melhor Espumante” saindo destes 7 “O Melhor do Ano 2016”.
 
O Concurso Vinhos de Portugal 2016 é uma excelente montra do vinho português, constituindo um momento ímpar para os produtores nacionais evidenciarem a excelência dos seus produtos. Desde 2013 a ViniPortugal assegura a organização do Concurso Vinhos de Portugal, com o objetivo de projetar no plano internacional a imagem da marca Vinhos de Portugal e dos seus vinhos.
 
As inscrições para o jantar estão abertas no site www.concursovinhosdeportugal.pt com o custo 50,00€ + IVA por pessoa e possibilidade de compra de mesa para 10 pessoas por 400,00€ + IVA. 
 

Fonte:  Wines of Portugal

Jurados de Referência Internacional e Enólogos Nacionais avaliam vinhos no Concurso Vinhos de Portugal

De 9 a 13 de Maio, 25 especialistas internacionais acompanhados por 120 especialistas nacionais marcam presença na edição de 2016 do Concurso Vinhos de Portugal, organizado pela ViniPortugal. Mais de 145 enólogos e sommeliers provenientes de várias regiões de Portugal e especialistas de vários mercados vão provar 1.350 vinhos nacionais dos 383 produtores inscritos no concurso, números que mostram um grande crescimento face a 2015.

 
Os especialistas serão recebidos no dia 08 de Maio num jantar a ter lugar na Sala Ogival de Lisboa, no qual estará em destaque uma prova de vinhos de Norte a Sul do país, para dar as boas-vindas a este elenco.
 
De 9 a 11, em Santarém, decorrerá a 1ª fase do Concurso onde 25 personalidades internacionais e 120 enólogos provarão os 1.350 vinhos inscritos. Entre as referências internacionais estão críticos em representação de 12 países, com currículos excecionais, e uma vasta experiência na cultura do vinho. 
 
Este júri internacional conta como nomes como Ana Sapungiu e Ronan Sayburn – duas grandes referências no Reino Unido – e Cristina Fischer –  jornalista de renome do mercado Alemão que estarão atentos aos melhores sabores do vinho nacional. O elenco deste ano conta ainda com nomes de referência em mercados essenciais para o vinho nacional como Leslie Sbrocco e Paul Lukacs dos EUA, Göran Klintberg da Suécia, Gurvinder Bathia do Canadá e Luiz Horta do Brasil.
 
O Grande Júri, composto por 7 especialistas de prestígio, reúne-se nos dias 12 e 13 de Maio na Bairrada para avaliar os finalistas do concurso e classificar os ouros e grande ouros. Os vencedores serão conhecidos a 13 de Maio, num jantar de gala realizado no Buçaco. 
 
Este Grande Júri é constituído por 5 nomes que ditam as tendências mundiais na cultura vitivinícola como Jancis Robinson e Joshua Green, juntamente com Caro Maurer (Alemanha), Dirceu Vianna Junior (Brasil e RU) e Evan Goldstein (EUA), e são um forte sinal do bom momento que os Vinhos de Portugal atravessam. Bento Amaral e Luís Lopes, que coordena o Grande Júri, serão os 2 portugueses que integram este painel de especialistas. Só o reconhecimento da crescente boa imagem dos Vinhos Portugueses justifica a reunião de tão ilustres e influentes figuras da cena internacional que se deslocam propositadamente ao nosso País para participar neste concurso.
 

Fonte:  Wines of Portugal