Arquivo para maio 2017 | Página mensal de arquivo

Vinhos de Portugal conquistam medalhas no Decanter World Wine Awards 2017

A edição 2017 do concurso Decanter World Wine Awards premiou 693 vinhos portugueses. Os vinhos Bual 1987, Cossart Gordon, da região da Madeira e Blog ’13, Tiago Cabaço, do Alentejo foram premiados com a mais alta distinção do concurso, a medalha de “Platina – Melhor da Prova”. Portugal somou ainda 8 medalhas Platina, 32 medalhas de ouro, 138 de prata e 287 de bronze.  
 
A França foi a nação que arrecadou mais medalhas “Platina – Melhor da Prova” (8). Em Portugal, a região do Porto e Douro foi a mais premiada com 272 medalhas, seguindo-se do Alentejo com 149 medalhas. 
 
Cerca de 17 200 vinhos foram julgados em prova cega por 219 dos melhores palatos do mundo, incluindo 65 Masters of Wine e 20 Master Sommeliers, durante uma semana, no Tobacco Dock em Londres. 
 
Platina – Melhor da Prova
- Blog ’13, Tiago Cabaço, Alentejo (98 pontos)
- Bual Madeira 1987, Cossart Gordon, Madeira (95 pontos)
 
Platina
- Bacalhôa 2014, Moscatel de Setúbal, Península de Setúbal (95 pontos)
- Pingo Doce 2011, Porto, Late Bottled Vintage (95 pontos)
- Poças Júnior, Porto Colheita 1967 (96 pontos)
- Quinta do Pessegueiro tinto 2014, Douro (95 pontos)
- Sandeman, Port 30 Years Old Tawny NV (95 pontos)
- Sivipa 1996, Moscatel de Setúbal, Península de Setúbal (98 pontos)
- Soalheiro Alvarinho 2016, Vinho Verde (95 pontos)
- Soito Reserva 2014, Dão (95 pontos)
 
Veja a lista completa de resultados aqui.
 
 

Fonte:  Wines of Portugal

Festa da Espiga

 
Salir celebra mais uma edição da Festa da Espiga com um programa repleto
de atividades culturais, desportivas e gastronómicas, dividido por três
noites temáticas: Noite da Espiga (25 de maio), Noite Popular (26 …

Vinhos de Portugal conquistam medalhas no Concours Mondial de Bruxelles 2017

Entre os 9800 vinhos provenientes de 50 países produtores, os vinhos portugueses foram distinguidos com 368 medalhas, na 24ª edição do Concours Mondial de Bruxelles. No total, Portugal arrecadou 15 medalhas de Grande Ouro, 122 medalhas de ouro e 231 medalhas de prata. 
 
O Alentejo foi a região portuguesa mais premiada com 91 medalhas, seguida da região do Porto e Douro com 82 medalhas. Os resultados são entusiasmantes uma vez que o número de premiados aumentou face ao ano 2016.
 
Os vinhos foram avaliados por um painel de 320 jurados nomeadamente sommeliers, compradores, importadores, jornalistas e críticos de vinho provenientes de 50 países. A edição do próximo ano terá lugar em Valladolid, Espanha.
 
Vinhos portugueses nas “Revelações 2017”

Revelações do Vinho Internacional em 2017
- D’Oliveiras Madeira Wines 1994, Pereira d’Oliveira (Vinhos) LDA
 
Old Vintages Excecionais de 2017
- Porto Messias 1968, Sociedade Agrícola e Comercial dos Vinhos Messias S.A.
- Barros 1974, Sogevinus – Fine wine
- Andresen Porto Colheita 1968 , J.H. Andresen, Sucrs,Lda
- D’Oliveiras Madeira Wines 1929, Pereira d’Oliveira (Vinhos) LDA
- Kopke Matured In Wood 1967,  Sogevinus – Fine wine
- Cálem 1961, Sogevinus – Fine wine
- D’Oliveiras Madeira Wines 1977, Pereira d’Oliveira (Vinhos) LDA
- Kopke 1981, Sogevinus – Fine wine
- Kopke 1937, Sogevinus – Fine wine
 
 
Vinho Branco Revelação de Portugal 2017
- Quinta Da Vassala Reserva Chardonnay 2016Sartal, LDAPortugal2017 
 
Vinho Tinto Revelação de Portugal 2017
- Rebelde Tinto 2015, Casa Santos Lima 
 
Vinho Rosé Revelação de Portugal 2017
- Tagus Creek Shiraz – Touriga Nacional Rosé 2016, Falua Sociedade de Vinhos SA
 
Lista completa de resultados aqui.
 

Fonte:  Wines of Portugal

Alentejo e Dão vencem Concurso Vinhos de Portugal 2017

Os vencedores foram conhecidos na gala de entrega de prémios do Concurso Vinhos de Portugal, que se realizou esta sexta-feira à noite na Pousada Convento de Arraiolos e que contou com a presença do secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira.

Os sete grandes prémios do Concurso Vinhos de Portugal, que distinguem os melhores entre os 341 vinhos premiados, foram distribuídas pelas regiões do Dão, Douro, Vinho Verde, Porto e Bairrada. O vinho Villa Oliveira Touriga Nacional (2011), da região do Dão, foi considerado o “Melhor Vinho do Ano”, vencendo também o prémio “Melhor Varietal Tinto 2017”. A região do Dão esteve ainda em evidência nos grandes prémios do certame com o Quinta dos Carvalhais Reserva (2012) a ser considerado “Melhor Vinho Branco 2017”.

Os restantes grandes prémios foram atribuídos ao Quinta do Crasto Reserva Vinha (2014), da região do Douro, a vencer o prémio “Melhor Vinho Tinto 2017”; o vinho Muros Antigos Loureiro (2016), da região do Vinho Verde, venceu o prémio “Melhor Varietal Branco 2017”; o KOPKE Porto Colheita 1967 foi considerado o “Melhor Licoroso” e o Quinta do Ortigão Cuvée (2012), da região da Bairrada, venceu o prémio “Melhor Espumante 2017”.

Mais de 110 especialistas nacionais e internacionais avaliaram os 1373 vinhos que estiveram a concurso e premiaram a qualidade dos vinhos que estiveram à prova com 341 medalhas. Na categoria mais elevada – Grande Ouro -, a região do Alentejo levou a melhor, conquistando nove medalhas, seguida da região do Douro com seis, região do Dão com quatro e a região da Bairrada com três. Todas as regiões vitivinícolas portuguesas foram premiadas. A lista completa de premiados pode ser consultada aqui.

Jorge Monteiro, presidente da ViniPortugal, faz um balanço positivo da edição 2017 do Concurso Vinhos de Portugal. “Para a ViniPortugal é um motivo de satisfação ver que o número de vinhos participantes tem vindo a crescer, ano após ano, e que essa evolução positiva está a refletir-se também na qualidade do vinho. O caminho para a afirmação de Portugal como o próximo hotspot do panorama internacional do vinho passa por uma aposta clara em ter um produto de qualidade, diferenciado e competitivo. É esse o caminho que procuramos trilhar e que vamos continuar a fazê-lo, desenvolvendo iniciativas como esta que promovem uma imagem positiva do vinho português junto de influenciadores e decisores do mercado internacional”, conclui o presidente da ViniPortugal.

À semelhança das edições anteriores, o Concurso Vinhos de Portugal 2017 teve uma primeira fase, realizada no CNEMA, em Santarém, com sessões técnica de provas, durante as quais cada vinho foi apreciado em prova cega por um júri composto por seis elementos qualificados, dos quais pelo menos dois de nacionalidade estrangeira. Após esta fase, o Grande Júri, composto este ano por reputados especialistas internacionais como Evan Goldstein (EUA), Dirceu Vianna Junior (Brasil e Reino Unido), Hiroshi Ishida (Japão), Sara Ahmed (Reino Unido) e por Bento Amaral e Luís Lopes em representação de Portugal, escolheram os grandes vencedores do Concurso Vinhos de Portugal, atribuindo as medalhas Grande Ouro e os Melhores do Ano.

O esforço desenvolvido pelos produtores nacionais e agora reconhecido neste certame será premiado pela ViniPortugal com a oportunidade de promoverem os seus vinhos junto de potenciais clientes, influenciadores, decisores e jornalistas internacionais. Os vinhos distinguidos com as medalhas Grande Ouro e Ouro têm presença garantida em eventos internacionais de excelência a realizar em 2017 como a ProWine Shanghai, a Vinexpo Bordéus, a Campus Hamburgo e as Provas de Zurique, Chicago, Nova Iorque e Luanda.

Fonte:  Wines of Portugal

Vencedores do Concurso Vinhos de Portugal conhecidos hoje

A excelência dos vinhos portugueses é celebrada esta sexta-feira na Pousada Convento de Arraiolos. A partir das 19h30, inicia-se a gala de entrega de prémios que vai atribuir as medalhas Grande Ouro e Melhores do Ano aos vinhos em prova no Concurso Vinhos de Portugal, promovido pela ViniPortugal. O secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira, estará presente nesta cerimónia.
 
A escolha dos melhores vinhos nacionais tem por base um sistema de avaliação composto por duas fases. Num primeiro momento mais de 1390 vinhos portugueses foram avaliados em sessões técnicas de prova, realizadas por 110 especialistas nacionais e estrangeiros no CNEMA, em Santarém. Depois desta primeira seleção, o Grande Júri, composto por jurados de referência internacional, reunido em Évora, escolheu os vinhos a atribuir as distinções Grande Ouro e Melhores do Ano.
 
O Concurso Vinhos de Portugal afirma-se cada vez mais como um ponto de encontro e de troca de experiências entre produtores e especialistas nacionais e internacionais e um barómetro da aposta realizada no país para a produção de vinho de qualidade com vista à sua afirmação nos mercados de exportação enquanto produtos de excelência.
 

Fonte:  Wines of Portugal

Vinhos de Portugal somam medalhas na Alemanha

Os vinhos portugueses arrecadaram 150 medalhas numa das mais importantes competições de vinhos na Alemanha. O Porto Kopke Colheita 1967 e o tinto Paxis 2013 (da DFJ Vinhos) foram premiados com medalhas de Grande Ouro, a mais importante distinção da competição, tendo obtido pontuações superiores a 92 pontos. 
 
Os vinhos portugueses somaram ainda 120 medalhas de Ouro e 28 de Prata, tendo sido a região do Douro a mais premiada. Relativamente às restantes regiões, o número de premiações por região foi bastante equiparada. 
 
Conheça a lista completa de premiados aqui.
 

Fonte:  Wines of Portugal

Дешево И Сердито На Должном Уровне Куплю Диплом Колледжа moscow-diploms.com

Диплом – это документ, необходимый каждому уважающему себя гражданину. Почему же лучше иметь диплом и почему без документа могут возникать трудности? Что выбрать – обучение или возможность купить диплом в Москве? Работа для человека всегда была и остаётся источником дохода. Но также, благодаря работе, человек может развиваться в интересующем направлении, расширять свой кругозор и стать […]

Especialistas internacionais e nacionais avaliam mais de 1390 vinhos portugueses

A excelência dos vinhos portugueses volta a ser posta à prova junto de especialistas internacionais e nacionais de reconhecido mérito. O Concurso Vinhos de Portugal inicia-se no dia 15 de Maio com 1393 vinhos a disputarem um lugar entre os grandes vencedores, que serão conhecidos numa gala que terá lugar no Convento de Arraiolos, no dia 19 de Maio.

Para Jorge Monteiro, presidente da ViniPortugal, “o número de vinhos participantes reflete a trajetória positiva que o vinho português tem vindo a ter enquanto um produto de qualidade. O Concurso Vinhos de Portugal reúne o que de melhor se faz no país e constitui um barómetro da qualidade do vinho nacional, contribuindo para a passagem de uma imagem positiva junto de influenciadores e decisores nacionais e internacionais que participam ativamente nesta iniciativa”.

À semelhança das edições anteriores, o Concurso Vinhos de Portugal é composto por dois momentos distintos. De 15 a 17 de Maio, no CNEMA, em Santarém, realizam-se as sessões técnica de provas, durante as quais cada vinho será apreciado em prova cega por um júri composto por seis elementos qualificados, dos quais pelo menos dois serão estrangeiros. No total 30 especialistas em vinhos marcarão presença no CNEMA.

Após esta fase, o Grande Júri, composto por jurados de referência internacional, reunido em Évora, vai escolher os grandes vencedores do Concurso Vinhos de Portugal, atribuindo as medalhas Grande Ouro e os Melhores do Ano.

Este ano o Grande Júri é composto por reputados especialistas internacionais que ditam tendências do sector como Evan Goldstein (EUA), Dirceu Vianna Junior (Brasil e Reino Unido), Hiroshi Ishida (Japão), Sara Ahmed (Reino Unido) e por Bento Amaral e Luís Lopes em representação de Portugal.  A gala de entrega de prémios vai realizar-se no dia 19 de Maio no Convento de Arraiolos.

O esforço desenvolvido pelos produtores nacionais na busca da qualidade será premiado pela ViniPortugal com a oportunidade de promoverem os seus vinhos junto de potenciais clientes, influenciadores, decisores e jornalistas internacionais. Os vinhos distinguidos com as Medalhas Grande Ouro e Ouro no Concurso Vinhos de Portugal terão presença garantida em eventos internacionais de excelência a realizar em 2017 como a ProWine Shanghai, a Vinexpo Bordéus, a Campus Hamburgo e as Provas de Zurique, Chicago, Nova Iorque e Luanda.

Fonte:  Wines of Portugal

Algarve Nature Week

 
A mostra de natureza da Algarve Nature Week é uma
exposição de atividades de turismo de natureza, enriquecida
pela presença de produtores regionais e
outras entidades que operam na área da natureza.
Apare&ccedi…