Arquivo para maio 2018 | Página mensal de arquivo

Feira Terra de Maio

A Feira tem como objetivo a promoção e o incremento dos produtos tradicionais de qualidade, (…)
A Feira tem como objetivo a promoção
e o incremento dos produtos
tradicionais de qualidade, dos saberes
que a memória a…

Douro, Dão e Alentejo destacam-se no Concurso Vinhos de Portugal 2018

A capacidade nacional de produção de vinhos de qualidade voltou a ser reconhecida em mais uma edição do Concurso Vinhos de Portugal. Um total de 369 medalhas, das quais 36 na categoria Grande Ouro, 126 de Ouro e 207 de Prata atestam a excelência do vinho nacional. O Douro foi a região que recebeu mais medalhas Grande Ouro do júri, recolhendo 7 medalhas, seguindo-se a região do Dão, com 6 medalhas, e Alentejo, com 5 medalhas.
 
Os vencedores foram conhecidos esta sexta-feira à noite na gala de entrega de prémios do Concurso Vinhos de Portugal, que se realizou no Convento do Beato, e que contou com a presença do ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, e do secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira.
 
Os grandes prémios do Concurso Vinhos de Portugal, que distinguem os melhores entre os 369 vinhos premiados, foram distribuídos pelas regiões Porto e Douro, Alentejo, Vinhos Verdes, Tejo, Beira Atlântico e Minho:
 
“O Melhor do Ano”
Touriga Nacional Tinto (2015) | DOP Douro | Produtor: Quinta do Crasto, S.A

“O Melhor do Ano Licoroso”
DR Porto 30 Anos | DOP Licoroso Porto | Produtor: Agri-Roncão Vinícola Lda.

“O Melhor do Ano Varietal Tinto”
Touriga Nacional Tinto (2015) | DOP Douro | Produtor: Quinta do Crasto, S.A.
 
“O Melhor do Ano Branco Especial”
Falcoaria Late Harvest (2014) | DOP do Tejo | Produtor: Casal Branco Sociedade de Vinhos S.A.
 
“O Melhor do Ano Varietal Branco”
Alvarinho Deu La Deu Premium (2015) | DOP Vinhos Verdes | Produtor: Adega Cooperativa e Regional de Monção, CRL
 
“O Melhor do Ano Varietal Branco”
Aveleda Reserva da Família Alvarinho (2016) | IGP Minho | Produtor: Aveleda, S.A.
 
 “O Melhor do Ano Vinho Tinto”
Passadouro Reserva Tinto (2015) | DOP Douro | Produtor: Quinta do Passadouro Sociedade Agrícola Lda
 
“O Melhor do Ano Vinho Branco”
Private Selection Branco (2016) | IGP Alentejano | Produtor: Esporão Vendas & Marketing
 
“O Melhor do Ano Espumante”
Flutt Branco Espumante (2015) | IGP Beira Atlântico | Produtor: PositiveWine Lda.
 
Mais de 160 jurados nacionais e internacionais avaliaram os 1307 vinhos, produzidos por 372 agentes económicos, que estiveram a concurso e premiaram a qualidade apresentada. Todas as regiões vitivinícolas portuguesas foram premiadas. A lista completa de premiados está disponível no site do Concurso Vinhos de Portugal e pode ser consultada aqui.
 
Jorge Monteiro, presidente da ViniPortugal, faz um balanço positivo da edição 2018 do Concurso Vinhos de Portugal. “O Concurso Vinhos de Portugal constitui uma oportunidade de excelência para a promoção da marca Vinhos de Portugal/Wines of Portugal. Ao longo de uma semana são criadas oportunidades para dar a conhecer junto de especialistas internacionais a diversidade de vinhos de qualidade que Portugal produz, não só através dos momentos de avaliação do Concurso mas também através do contacto direto com os agentes económicos, em jantares vínicos e visitas a produtores, bem como com a realização de master classes dedicadas ao vinho português”.
 
“O Concurso é uma das grandes apostas do Plano de Promoção que a ViniPortugal desenvolve ao longo do ano. Levar os produtores nacionais a apostarem na melhoria contínua da qualidade e da diferenciação dos seus vinhos, incentivá-los a reforçar a aposta na comunicação e na capacidade de negociação e continuar a elevar a notoriedade dos vinhos portugueses junto de influenciadores e decisores estrangeiros que se deslocam até ao nosso país são os objetivos desta iniciativa. Acreditamos que este é o caminho para Portugal continuar a afirmar-se como o próximo hotspot di panorama internacional do vinho”, conclui Jorge Monteiro.  
 
À semelhança das edições anteriores, o Concurso Vinhos de Portugal 2018 teve uma primeira fase, realizada no CNEMA, em Santarém, na qual cada vinho foi apreciado em prova cega por um júri composto por especialistas em vinhos, nacionais e internacionais, entre enólogos, jornalistas, sommeliers e outras entidades ligadas ao vinho. Com base nas escolhas feitas na 1.ª fase do Concurso, o Grande Júri, composto por John Szabo MS (Canadá), Evan Goldstein (EUA), Dirceu Vianna Junior MW (Brasil e Reino Unido), Andrés Rosberg, presidente da ASI (International Sommelier Association) e por Luís Lopes, presidente do Concurso, e Bento Amaral em representação de Portugal, escolheram os grandes vencedores do Concurso Vinhos de Portugal, atribuindo as medalhas Grande Ouro e os Melhores do Ano.
 
O Concurso Vinhos de Portugal é uma iniciativa da ViniPortugal que pretende ser um ponto de encontro e de troca de experiências entre produtores e especialistas de todo o mundo reafirmando a aposta na produção nacional de vinho de qualidade com o intuito de se afirmarem enquanto produtos de excelência nos mercados de exportação. É neste sentido que os vinhos distinguidos com as Medalhas Grande Ouro e Ouro no Concurso Vinhos de Portugal terão presença garantida em eventos internacionais de excelência a realizar em 2018, como a ProWine Shanghai, Romantic Encounter do Japão, o Campus Hamburgo e as Provas de Varsóvia, Luanda, Zurique, Nova Iorque e Oslo e ainda para momentos de degustação ao longo do ano no Museu La Cité du Vin.
 

Fonte:  Wines of Portugal

Grande Prémio de Portugal F1H20

Portimão receberá, uma vez mais, as melhores equipas e os melhores pilotos que competem nesta classe rainha da motonáutica.
Portimão receberá, uma vez mais,
as melhores equipas e os melhores
pilotos que competem nesta…

Concurso Vinhos de Portugal arranca no dia 14 de Maio em Santarém

Ao longo de uma semana, a qualidade dos vinhos portugueses vai estar em foco no Concurso Vinhos de Portugal. De 14 a 18 de Maio, mais de 1300 vinhos, produzidos por 372 agentes económicos, vão ser provados e avaliados por mais de 160 jurados, onde se contam reputados especialistas internacionais que se deslocam propositadamente a Portugal para o efeito. O momento alto de uma semana dedicada à promoção do vinho nacional será a gala de entrega de prémios, que terá lugar no dia 18 de Maio, no Convento do Beato, em Lisboa.

O Concurso Vinhos de Portugal, uma iniciativa da ViniPortugal, arranca com a realização de provas, entre 14 e 16 de Maio, no CNEMA, em Santarém, destinadas a avaliar os 1307 vinhos inscritos na edição de 2018. Cada vinho será apreciado em prova cega por um júri composto por especialistas em vinhos, entre enólogos, jornalistas, sommeliers e outras entidades ligadas ao vinho. Dos 160 jurados presentes em Santarém, 30 são provenientes de países estrangeiros, como os EUA, Reino Unido, Canadá, Alemanha, Brasil, França, China, Espanha, Coreia do Sul, Hong Kong, Taiwan, Angola, Rússia, Noruega, entre outros. Cerca de 440 vinhos serão avaliados em cada dia de prova no CNEMA.

Com base nas escolhas feitas na 1.ª fase, o Grande Júri do Concurso vai reunir nos dias 17 e 18 de Maio no IVV para atribuir as medalhas Grande Ouro e os Melhores do Ano, as distinções principais da iniciativa. O Grande Júri volta a contar com especialistas de renome internacional, nomeadamente John Szabo MS, do Canadá, Evan Goldstein, dos EUA, Dirceu Vianna Junior MW e Andrés Rosberg, presidente da ASI (Association de la Sommellerie Internationale), que se juntam a Luís Lopes, presidente do Concurso, e Bento Amaral. Os vencedores da edição 2018 serão anunciados na gala que se realizará no dia 18 de Maio no Convento do Beato, em Lisboa, a partir das 19h30.

 

Para além de ser um momento de avaliação da qualidade dos vinhos portugueses, o Concurso Vinhos de Portugal é também uma oportunidade de divulgação da marca Wines of Portugal e de afirmação de Portugal como um país produtor de vinho de qualidade junto de especialistas e influenciadores internacionais. O programa da iniciativa inclui ações dirigidas aos jurados internacionais nomeadamente a realização de master classes, para dar a conhecer a diversidade e especificidades dos vinhos nacionais, jantares vínicos e visitas a produtores, dando a conhecer no terreno alguns projetos de sucesso na produção de vinhos de excelência de diferentes regiões do País.

 

Agenda:

14 a 16 de Maio: Provas no CNEMA, em Santarém.

Horário: Das 9h às 13h

 
18 de Maio: Gala de entrega de prémios do Concurso

A partir das 19h30, no Convento do Beato, em Lisboa

 

Fonte:  Wines of Portugal